Entrevista com a autora Paula Pimenta

Por: Wanessa Oliveira

Bom, o post de hoje é muito especial, pois é a primeira entrevista do blog. Eu tive a oportunidade de entrevistar a autora do sucesso teen brasileiro “Fazendo o meu filme”, a super querida Paula Pimenta.

Paula Pimenta

Geminiana e sonhadora, apaixonada por cinema e música. Paula Pimenta é a autora juvenil brasileira  comparada a Rainha Meg Cabot, da qual também é fã.  Se considera uma eterna criança, uma, adora brigadeiro, gibis da Mônica e cantar. É formada em Publicidade, mas atualmente trabalha como professora de música.

 

Fazendo meu filme: Fani é uma adolescente normal de 16 anos, apaixonada por cinema e cheia de amigos.  E sua vida está prestes a mudar, pois surgiu a oportunidade dela fazer um intercâmbio fora do país. Mas não será  nada fácil para ela decidir se vai ou fica! Imaginem quantas experiências diferentes ela poderá vivenciar, em contra partida, será que  vale a pena deixar seus amigos e aquele garoto super fofo pela qual está apaixonada por um ano?  Nesta época de grandes incertezas, o que será que Fani decidirá?

Se você ainda não conhecia o livro e a autora, vai saber mais agora! Confira a entrevista:

1- O que te levou a escrever o livro?

Foi de repente, comecei a escrever do nada… Em outubro de 2004, exatamente na noite do início de ‘horário de verão’, eu estava no computador escrevendo uns textos e comecei uma história sobre duas amigas que saíam, mas que tinham que voltar no horário imposto pelo pai de uma delas. Com o adiantar do relógio, elas acabavam perdendo uma hora. Nesse dia eu nem tinha idéia do que viria, só mais tarde é que pensei no tema principal do livro, que é o dilema da Fani entre largar o grande amor para fazer intercâmbio ou deixar de viajar para ficar com ele. As características dela, como a paixão por cinema, surgiram um pouco depois também.

 2- Você se acha parecida com a Fani?

Um pouco. Como ela, eu também sou muito sonhadora, romântica, adoro ficar em casa, ver filmes e colecionar DVDs!

3- Em que ou em quem você se inspirou para escrever o livro (Fazendo meu filme)?

Como eu disse acima, a Fani tem muito de mim. Mas não só de mim. Inseri na personalidade dela o jeito de algumas amigas minhas e também algumas experiências que todo adolescente passa, como sentimentos muito intensos… No primeiro livro, eu tirei muita coisa da minha própria vida, como por exemplo o intercâmbio… mas também me inspirei em coisas que a maioria dos adolescentes vive, como grandes amizades, problemas escolares, discussões na família…

 4- Qual é seu livro favorito?

Eu adoro uma trilogia chamada “Griffin e Sabine”, do escritor Nick Bantock. Mas também amo os livros da Meg Cabot, quase todos.

5- Bom, como as férias estão vindo aí, quais livros você indica para as leitoras do @diadebrilho?

Indico todas da Meg Cabot, especialmente: Coleção O Diário da Princesa, Coleção A Mediadora, Ídolo Teen, O garoto da casa ao lado, Garoto encontra garota e Todo garoto tem. São os meus preferidos.

 6- Agora conta pra gente, você pensa em escrever mais livros?

Estou escrevendo “Fazendo meu filme 3”, que deve ser lançado em outubro. Logo depois que a série terminar (ainda não sei se vai até o livro 3 ou até o 4), vou escrever outra série também adolescente. E tenho planos de, mais pra frente, escrever um livro com uma protagonista um pouco mais adulta.

@Diadebrilho agradece por você ter dado a entrevista pra gente. Muito Obrigada.

Eu é que agradeço! Adorei as perguntas! 🙂