5 Coisas que Aprendi com os Filmes

Por: Larissa Siriani

Eu sou estudante de cinema e cinéfila assumida. E não é de hoje que, vendo filmes, chego a epifanias, quase sempre inclusas nas mensagens que quase todos os filmes nos passam. Hoje, pra dar uma mudada, resolvi lembrar cinco lições que eu aprendi com os filmes que eu mais gosto, e o que exatamente essas lições mostram pra gente.

1. Não se coloque em segundo plano

No filme ‘E Se Fosse Verdade’, a médica Elizabeth se dedicou tanto à própria carreira que esqueceu totalmente de viver. E só se deu conta disso quando estava à beira da morte. Depois de ver esse filme umas 200 vezes, ficou claro pra mim o quanto a nossa vida se torna infeliz quando a gente esquece de si mesma. Tudo tem que ter espaço no nosso dia-a-dia, mas nós e a nossa felicidade nunca podemos estar em segundo plano.

2. Não invente histórias

Em ‘A Mentira’, por causa de uma pequena mentirinha contada por Olive, ela se enrola numa trama de mentiras e histórias que acabam com a sua vida e a sua reputação. A lição a tirar disso é só uma: não aumente nem fique criando histórias que não são verdade. É muito pior quando alguém descobre e joga na sua cara, então, mais fácil mesmo é dizer a verdade na lata. E a gente nunca sabe até onde uma mentirinha pode chegar, né?

3. Respeite a sua família

Eu sempre dou muita risada assistindo ‘Sexta-Feira Muito Louca’, mas demorei até realmente captar a mensagem, e perceber quanta verdade há nela. Já reparou que muitas vezes a gente não escuta ou não respeita o que os nossos pais dizem, e acaba se dando muito mal? Quanta coisa não mudaria se a gente escutasse mais o que eles dizem! Então, antes de resolver seguir pelo caminho oposto, no mínimo considere o que os seus pais estão dizendo. Eles podem estar cobertos de razão.

4. Lute pelo que você quer

Eu adorei ‘A Princesa e o Sapo’, a mais recente animação da Disney naquele formato de desenhos antigos, mas nem foi por ser desenho animado, nem por ser incrivelmente bonitinho. Foi pela protagonista, Tiana. Ela trabalha, luta e busca com todas as forças realizar o sonho de se tornar dona de um restaurante – e isso sem passar por cima de ninguém. Tiana nos ensina que pra gente chegar onde quer só precisa ter muito esforço e dedicação.S e a gente luta, a gente consegue. Só precisa querer.

5. Cuidado com o que você deseja

A primeira coisa que eu pensei assistindo ‘De Repente 30’ foi: por que alguém gostaria de ter 30 anos? Então me dei conta de que não era esse o problema. O problema é o quanto a personagem idealizava uma coisa que não era bem verdade. Então, ficadica: cuidado com o que você deseja, porque nem sempre aquilo que a gente imagina é do jeito que é. E aí, quando o desejo se torna realidade… bom, pode ser que você acabe com um baita abacaxi nas mãos! Reconsidere!

Curtiram?

Beijocas e segue a gente @Diadebrilho

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Sou cinéfila assumida e louca por literatura e concordo com você. Filmes podem nos trazer lições incríveis, desde que a gente veja o filme com olhos de aprendizes e não somente por diversão.
    E às vezes a gente tem que assistir várias vezes para entender.
    Bjuuuu

    Responder
  2. Super curti, até recomentei no tt 🙂

    Bjux :*

    Responder
  3. Priscila

     /  29 de março de 2011

    Adorei o post , filmes maravilhosos sempre deixam marcas e mensagens na gente !!! bjnhos e parabens pelo blog , Pri

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: